Siga nossas Redes Sociais

Lista

15 dos melhores créditos iniciais do cinema

Publicado

em

melhores créditos iniciais do cinema
Divulgação: Cena de Planeta Terror

A sequência com os créditos iniciais de um filme não se limita apenas ao caráter informativo de mencionar os nomes do realizadores daquele projeto. Os trechos iniciais ajudam a conquistar o interesse do público pelo longa-metragem. Pensando nisso, separei 15 das melhores créditos iniciais do cinema. Confira a lista abaixo e cite seus favoritos também!




15. Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Direção: Tim Burton

Tim Burton é um dos meus diretores preferidos e não poderia deixar de  citar pelo menos uma das aberturas dos seus filmes. Mesmo acostumando com estilo “Tim Burton de ser”, admito que a abertura beirou a insanidade ao mostrar a trajetória do sangue  até chegar às tortas recheadas de carne humana.

14. Psicose

Direção: Alfred Hitchcock

Criado pelo genial design gráfico Saul Bass, o efeito das letras se formando pode parecer simples, mas entra em perfeita sincronia com a clássica e assustadora trilha sonora.

13. Cães de Aluguel

Direção: Quentin Tarantino

O primeiro filme de Quentin Tarantino já nasceu clássico. A  cena inicial com discussão sobre a música “Like  a Virgen” da Madonna e a caminhada do elenco em câmera lenta, não sumiu da minha mente desde a primeira vez que assisti .

12.| 007 – Goldfinge

Direção: Guy Hamilton

As aberturas dos filmes do James Bond, são um espetáculo a parte. Entre elas, esta é uma das minhas favoritas. A abertura com a música de Shirley Bassey (composto por John Barry), embala as mulheres douradas seminuas que refletem cenas do filme, introduzindo os personagens. Foi o primeiro filme 007 em que uma cantora canta durante a seqüência inicial, virando  referência para outros filmes da série.

11. Planeta Terror

Direção: Robert Rodriguez

Um filme que começa com uma bela dança sensual de Rose McGowan não poderia ficar de fora. Sem contar que quem toca guitarra na trilha sonora é o próprio Robert Rodriguez junto com sua banda e o saxofonista Del Castilho (trilha sonora de “Pulp Fiction”).

10. Homem Aranha 3

Direção: Sam Raimi

 

Desenhado por Kyle Cooper, a seqüência evolui a partir dos filmes anteriores. As pinturas de Alex Ross, ganham cenas  dos filmes anteriores a fim de ilustrar o triângulo amoroso entre Peter, Mary Jane e Harry.

09. Beijos e Tiros

Direção: Shane Black

Criado por Danny Yount (mesmo design de Homem de Ferro) a introdução faz uma bela homenagem aos filmes noir.

07. Um corpo que cai

Direção: Alfred Hitchcock

https://www.youtube.com/watch?v=pz46qS38OgM

Em parceria com Alfred Hitchcock, Bass  cria uma bela  harmonia com a trilha sonora  e os closes no rosto da atriz Kim Novak.

07. Pí

Direção: Darren Aronofsky

Os  algarismo do se misturam com as letras e formam as nomes do atores, enquanto cenas perturbadoras enfeitam o fundo.

06. Obrigado Por Fumar

Direção: Jason Reitman

Talvez o cigarro seja um dos produtos de maior publicidade em Hollywood, e claro que isso fica mais explicito em um filme em que o dito cujo é quase protagonista. Em “Obrigado Por Fumar, o sarcasmo e a criatividade andam lado a lado desde os créditos inicias, até a trilha sonora e ótima interpretação de Aaron Eckhart

05. Juno

Direção: Jason Reitman

O efeito que transforma a Ellen Page em desenho é fantástico. Sem contar a trilha sonora que gruda na mente e faz você gostar automaticamente de todas as músicas do filme.

04. Seven – Sete Crimes Capitais

Direção: David Fincher

Essa abertura é a obra-prima de Kyle Cooper. A seqüência inicial prepara o espectador, mostrando o quanto o filme pode ser perturbador e criativo.

03. O Senhor das Armas

Direção: Andrew Niccol

No trecho que abre o longa estrelado por Nicolas Cage, o público acompanha todas as etapas da fabricação de uma bala até que o projétil é usado em seu objetivo-fim: Acabar com a vida de uma criança.

02. Watchmen

Direção: Zack Snyder

Uma das cenas mais elogiadas de “Watchmen” foi  os créditos iniciais. A seqüência foi produzida pelo estúdio yU+Co, com supervisão de Zack Snyder .

Ao som de “The Times They Are A-Changin” de Bob Dylan, resume em cinco minutos e meio uma parte essencial da história e vemos o auge e decadência dos Minutemen, além do contexto histórico que seguiremos pelo resto do filme. O resultado é sensacional, cheio de referência da cultura pop, que só são reconhecidos pelos olhos mais atentos.

01. Prenda – me se for capaz

Direção: Steven Spielberg

A abertura dá uma aula de estilo e criatividade ao mostrar as armações do protagonista Frank Abagnale, que ficam mais evidentes depois de assistir  ao filme.

1 comentário

1 comentário

  1. Pingback: 15 dos melhores créditos iniciais do cinema – sabedenada.com

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade

Parceiros

Uêba - Os Melhores Links GeraLinks - Agregador de links GeraLinks - Agregador de links

Popular